Página InicialLogin
Um Breve Histórico
As Sessões
Biodanza & Educação
Biodanza nas Organizações
Eventos
Espaço Biocêntrico
A Facilitadora
Contato
As Sessões

 

Por que dançar? 

      “Desde o início, nada mais fiz do que dançar a minha
      vida. Criança, dançava a alegria espontânea dos seres
      em crescimento. Adolescente, dancei com uma alegria
      que se transformava em apreensão diante das correntes
      obscuras e trágicas que começava a pressentir” 
      (Duncan, 1935:11).

      Adulta, Isadora Duncam dançou a vida, o ser, a alegria, a dor, a palavra, a essência. Dançar a vida significa vivenciá-la plenamente na sua totalidade.

      A Biodanza é um convite a dançar a vida. Ser dança, ser música... Para isso não é preciso saber dançar. A Biodanza, abarca o significado original de dança, que é o movimento pleno de sentido. Nas sessões de Biodanza a dança é a liguagem corporal expressa através de gestos, sentimentos, emoções. É o movimento que nasce de nossos conteúdos internos, é o rítmo biológico, é o rítmo do coração, da respiração é movimento de vida. A dança da qual falamos é a de Isadora Duncan e de tantos outros que dançam a vida.

Um despertar de potenciais

      A Biodanza gera estímulos e nutrientes adequados para despertar, florescer e  expressar os potenciais genéticos. No sistema Biodanza esses potenciais são “traduzidos” como Linhas de Vivências: Vitalidade, Afetividade, Criatividade, Sexualidade, e Transcêndência.

      Vitalidade: Desperta a energia para ação (ímpeto vital) e a disposição para a vida. Aumenta a alegria interior, a plenitude existêncial e equilibra o humor endógeno. As danças propostas nessa linha de vivência são rítmicas e alegres.

      Afetividade: Sentimentos como o amor, amizade, altruísmo são deflagrados a partir de vivências de encontros consigo e com o outro de forma amorosa e cuidadosa.

      Sexualidade: Aflorar o gozo de viver a partir de danças que despertam o erotismo vital e o prazer. Nessa linha os exercícios têm o objetivo de facilitar e promover o contato do participante com sua sexualidade, redescobrindo-a como vital e saudável.

      Criatividade: A criatividade manifesta-se na capacidade de renovar-se. Os impulsos vitais gerados pela criatividade eleva a possibilidade de expressão existencial, aumenta a fluidez na vida e a flexibilidade  para aceitar as mudanças necessárias e desejadas. As danças propostas nessa linha são lúdicas; com deslocamentos, giros e saltos.

      Transcendência: O sentimento de unicidade e de fusão com a Totalidade é a base da linha da transcendência em Biodanza. As danças favorecem o acesso profundo a um estado de consciência intensificada de si, de seus limites e do mundo.

      Através dessas vivências os vínculos afetivos se estabelecem, nutrindo o grupo e formando uma rede amorosa de confiança  e crescimento existencial.

Benefícios

Aumento da energia vital e disposição para ação.
Ativa e desbloqueia a criatividade.
Intensifica a expressão da afetividade.

Desenvolve abertura para o prazer.
Incentiva a autonomia e responsabilidade.
Aumenta a capacidade para escolher e tomar decisões.

Fortalece a identidade.
Melhora a qualidade das relações interpessoais.
Aumenta a alegria e coragem de viver.

Reforça auto-estima.
Restabelece vínculos afetivos.
Reduz o estresse.

Como é praticada?

      A Biodanza é uma técnica singular por apropriar-se de uma metodologia vivencial. Por ser um método vivencial só é possível abarcar seu significado experimentando, vivenciando, sentido. Para isso é preciso a pratica regular.

      A metodologia vivencial da Biodanza é deflagradora de emoções e possibilita o resgate de rítmos biológicos, proporcionando o equilíbrio fisiológico. A vivência é, segundo Rolando Toro, uma experiência vivida intensamente por um indivíduo em um lapso de tempo, aqui e agora. Contém em si funções emocionais, cinestésicas e orgânicas. A metodologia de Biodanza é baseada em vivências integradoras induzidas através da música, expressas na forma de movimento repleto de emoção. A vivência e as emoções constituem o princípio regulador das funções neuro-vegetativas. 

Para fazer Biodanza é preciso apenas querer e estar disponível.
No mais, a possibilidade está aqui!

      A Biodanza é realizada em diversas instituições tais como escolas,hospitais, empresas, ongs ou em grupos regulares; onde os encontros são semanais com uma duração de duas horas e meia, divididas em etapas. 

      O primeiro momento é reservado ao  feedback e às questões teóricas sobre o sistema. O feedback ou intimidade verbal é a devolutiva do participante sobre a experiência vivida na sessão anterior.  O segundo momento é exclusivamente de vivências de Biodanza.

      Periodicamente realizamos vivências intensivas que chamamos de Maratonas de Biodanza, onde aprofundamos temas existências. Essas maratonas geralmente ocorrem fora de Angra dos Reis para que o grupo possa conviver e desfrutar desse convívio. Outro estilo de vivência de aprofundamento são os Minotauros onde toma-se contato com os medos existenciais nas suas diversas fronteiras. Clique aqui e conheça os eventos realizados com o grupo.

Como participar?

      Para conhecer a Biodanza, entre em Contato e agende um horário.
      Venha! Saiba mais sobre o sistema e faça uma vivência no grupo regular de Angra dos Reis.